Júlio Ribeiro Sabia As Respostas

Júlio Ribeiro Sabia As Respostas

Ontem recebemos a triste notícia do falecimento de Júlio Ribeiro, um ícone da propaganda brasileira. Li os livros escritos por ele, que sempre foram uma inspiração para mim. Aliás, quantos podem dizer que deixaram um legado para a publicidade brasileira? Júlio Ribeiro, sem dúvida, é um desses poucos. Por isso, Júlio, pra mim, é eterno.

Embora fosse um incrível planejador, Julio sabia muito bem da importândia do Atendimento. Num dos livros que escreveu, chamado Entenda Propaganda – 101 Perguntas e Respostas Sobre Como Usar o Poder da Propaganda Para Gerar Negócios, gosto especialmente da pergunta/resposta 90. Vou reproduzi-la aqui e você vai logo saber por que ela é tão especial (grifos meus):

Com freqüência, acho mais produtivo reunir-me direto com a criação e a mídia, pois ganhamos tempo, e o trabalho sai melhor. Em casos assim, para que serve o atendimento?

O profissional de atendimento tem como compromisso o exercício da gestão, atuando como guardião do pensamento completo da marca ou do produto.

O diálogo do anunciante com todas as demais áreas da agência é, sem dúvida, muito produtivo, para integrar os pensamentos, balizar as expectativas e criar um relacionamento mais transparente. Seja com a criação, a mídia, o planejamento, a pesquisa, a área digital, a promoção, o marketing direto, etc. Todas essas áreas de expertise, porém, são pagas, cobradas e responsabilizadas pela resolução dos problemas técnicos específicos sob a óptica exclusiva de cada uma delas. Portanto, são visões ricas, mas com um olhar a partir de sua dimensão. É o ponto de vista técnico.

O único profissional que tem a responsabilidade de conduzir as decisões de modo holístico, sinérgico e eficaz para o cliente é o profissional de atendimento.

Uma agência de comunicação é rica e valorizada não só pelo conjunto e pela diversidade de talentos que consegue reunir, mas, principalmente, pela forma uníssona que consegue estabelecer entre eles. E o responsável direto por esse processo é o atendimento.

Da mesma maneira, solicitar diretamente para o violinista ou o percussionista de uma orquestra é muito produtivo, enriquecedor e valioso. Apesar disso, porém, deixar de falar com o maestro é a certeza de que a riqueza e a diversidade da sinfonia não estarão sendo contempladas em sua plenitude.

Por isso, não deixe de conversar com o atendimento de sua agência ou de focar nele todo o conjunto de informações, solicitações e necessidades que acredita ser fundamental à sua empresa, pois o executivo da conta é a garantia de que o problema será resolvido de forma integral.

Obrigada, Júlio!

Share

Editora do site Atendimento e Gestão de Contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *